terça-feira, novembro 5

Mudança

Mudança. Tantas vezes se fala nela e tão poucas se actua para a concretizar.
Tenho ouvido falar muito por aí dela, tanto que até eu já a invoquei em vão. Mas desta vez foi diferente. Nos últimos três meses a minha vida deu uma volta de trezentos e sessenta graus; apesar de poucos o terem notado, isto foi mesmo verdade. E como o velho ditado diz que devemos sempre mudar para melhor, aproveitei o balanço das coisas menos boas que me foram acontecendo e decidi mudar tudo. Comecei por olhar para o amor com outros olhos; olhos de quem prefere ver tudo nu e cru, para não se decepcionar com as surpresas das histórias boas de mais para serem verdade. Depois fiz-me à vida, arranjei um emprego e apesar de ter sido óptimo apercebi-me aos poucos do canibalismo existente no mercado de trabalho em que tudo se resume ao "primeiro eu, depois tu". Emagreci uns quilos à pala do desgaste a que não estava habituada, e que óptimo, que agora posso usar a palavra mudança no meu roupeiro também.
Com isto veio o meu primeiro ordenado, e o segundo, e o terceiro.. e se nunca antes tinha recebido uma mesada, esta seria a altura ideal para proceder à única mudança que faltava: o meu odiado quarto.
Nos últimos meses superei-me. Sinto-me nova, por dentro e por fora. E se no último ano tudo foi mau, aguardo que a mudança a que me obriguei me leve a um porto melhor, seguro e sem grandes sobressaltos, porque agora é a minha vez de ser feliz. 



Um obrigada à Sara que, como sempre, nunca me deixou só.


Patrícia Luz
5 de Novembro de 2013

(Deixo-vos algumas fotos da última mudança e de uma das minhas outras paixões: a decoração. Espero que gostem!)


ANTES: 
 tons, amarelo e laranja;

DEPOIS:































2 comentários: