sábado, maio 24

Mensagem a todos os amores 50% não correspondidos





«Tu gostas mesmo dele. A tua cara diz isso.»
 «Gosto. Gosto mesmo. Mas azar...»

Azar é ter um amor cinquenta por cento não correspondido. Azar o teu e o dela. O meu e o dele. E não sei quem tem o azar maior. Gostar realmente de alguém é dizê-lo a toda agente sem abrir a boca. É querer gritá-lo ao mundo em segredo. Não querer correr riscos, mas arriscar a vida por alguém se for preciso. É adormecer a pensar que se vai acordar no dia seguinte com a pessoa na cabeça e ainda assim ter medo do subconsciente nos presentear com noites mal dormidas. E hoje já pouco se gosta de alguém assim. Como gosto de ti.

Hoje gostar de alguém é uma treta. É uma fachada. Um jogo desleal. São mais as palavras que as atitudes. É maior o tempo de desamor que o de felicidade. São as borboletas no estômago sem retorno. E as músicas sem destinatário. É a cama vazia e as redes sociais cheias demais...de pessoas e sentimentos desnutridos. São beijos de olhos abertos e amor sem sentimento.  Aliás, sexo.
E eu não quero gostar de ti assim.


Por isso,
Azar..
O teu.
Tinha o mundo numa mão para te dar.

Patrícia Luz
25 de Maio de 2014
Mensagem a todos os amores 50% não correspondidos. 
ao som de snow patrol