terça-feira, janeiro 20

ser mais do que parecer

«Ele viu-a descer as escadas com ar de quem não se importava, mas sabendo que todos se importavam com ela. Tinha uma clave de sol tatuada no braço. Ele perguntou-lhe se sabia música. Ela respondeu: "Depende de quem me toca".» Nano-contos


A vida não se resume a amor. Não se resume a estalar os dedos e ter os sonhos numa mão e a vontade de os concretizar na outra.  
Mas certamente que a minha se poderia resumir àquilo que nutro pelos outros, um sentimento a que não sei o que chamar - mas que é bom o suficiente para me fazer tanto mal -, e às mãos abertas para agarrar todos os sonhos com vontade.
Podia ser quase a mesma coisa, mas não é.

A vida não se resume a mudares os teus princípios porque vives numa sociedade que não os aceita. Não tens que ser mais uma ovelha que se encontra num rebanho hierarquicamente desordenado . Há campos suficientemente grandes para poderes ser o que tu quiseres. E escolher ser muito mais do que aquilo que a maioria te influência a ser. O maior desafio está em mudares uma sociedade. E mesmo que não o faças, que tenhas a coragem de mandar a primeira pedra e saberes que tentaste. Que com sorte começas a influenciar alguém a seguir-te as pisadas. E sempre que isso acontecer lembra-te que uma estrada sem luz tornar-se-à melhor com alguém por perto.  

O que me move não é ser politicamente correcta para com os outros e acreditar que posso mudar o mundo. Pudera eu fazê-lo. Basta-me acreditar que posso ser correcta comigo e fazer o meu mundo melhor. Poucas pessoas percebem o valor que isto tem. Mas com toda a certeza que muitas me invejam. 

(Quantas pessoas tem a coragem de admitir que há quem as inveje?)

Andamos demasiado ocupados em perceber a vida que os outros levam. Em viver o amor dos outros, o dinheiro dos outros, o trabalho dos outros. A querer sempre melhor (para nós, só para nós e para o nosso umbigo), sem percebermos que na verdade ainda não temos grande coisa. Ou nada que seja suficientemente bom para não precisarmos de mais nada além disso.


Patrícia Luz
20 de Janeiro de 2014

ao som de Rhye - Woman.

                                                                                  Instagram | Tumblr | Youtube


1 comentário:

  1. Gosto muito mais do blog assim, muito mais user friendly! ; )
    Obrigada pelos teus textos, és uma inspiração! Keep going!

    S.

    ResponderEliminar